Hérnia de Disco

Hérnia de Disco

Hérnia de disco: a doença, sintomas, diagnóstico e tratamento ideal. Saiba como a fisioterapia veterinária é importante na reabilitação da hérnia de disco

Você pode conversar com um de nossos especialistas agora mesmo. Encontre a unidade Fisio Care mais próxima de você e entre em contato!

A hérnia de disco é uma doença caracterizada pela degeneração dos discos intervertebrais, sejam eles C2-C3 à L7-S1, sendo que quase 85% dos casos se localizam na região tóraco-lombar. Ela pode ser dividida em Hansen Tipo I (quando há extrusão do núcleo pulposo com ruptura do anel fibroso), Hansen Tipo II (quando ocorre protusão do disco) e Tipo III (quando há trauma concussivo na medula).

É importante ressaltar que a hérnia de disco, quando necessária a intervenção cirúrgica, caracteriza apenas a parte inicial da recuperação do pet, que irá necessitar de tratamento posterior para diminuição de dores, ganho de massa muscular e retomada de qualidade de vida.

Sintomas

A hérnia de disco em cães e gatos é de difícil detecção pela variedade de sintomas que podem, muitas vezes, serem confundidos com diferentes complicações. Entretanto, alguns sintomas clássicos podem ajudar a identificar o problema em um primeiro momento:

Grau 1:

No princípio dos ciclos de dores é possível notar que o pet opta por abaixar sua cabeça e curvar as costas para tentar aliviar a dor, podendo até manifestar sua insatisfação através de uivos e latidos, dependendo da personalidade;

Grau 2 e 3:

É possível notar sua perda gradual de equilíbrio, o que impede que se mova corretamente. Sua postura e mobilidade irão parecer mais estranhas do que a usual.

Em casos mais críticos, o animal costuma sofrer com incontinência urinária e fecal.

Grau 4:

Sua sensibilidade também é afetada, principalmente em suas extremidades. Em casos mais agudos, é possível detectar paralisias quando o pet começa a nitidamente se arrastar para se mover de um ponto a outro.

Diagnóstico

O diagnóstico assertivo de cães com hérnia de disco se dá através de exames clínicos, neurológicos, radiografia e exames mais modernos como a tomografia computadorizada e ressonância magnética.

Os exames procuram identificar a doença, o local exato da hérnia e qual é o grau de lesão do local atingido para que o tratamento planejado seja o mais eficaz para uma recuperação gradual e saudável.

Tratamento

A fisioterapia veterinária tem papel fundamental na reabilitação de pets com hérnia de disco seja como tratamento base ou pós-operatório, trabalhando o controle de processo inflamatório, melhorando a dor, auxiliando o ganho de massa muscular e o reestabelecimento da mobilidade natural do pet.

Dentre as técnicas mais utilizadas, podemos destacar:

1 – Eletroterapia e laserterapia: a eletroterapia auxilia na analgesia e controle da inflamação com estimulação elétrica nervosa transcutânea (TENS) e estimulação elétrica neuro-muscular (NMES), ajudando na recuperação da perda de massa muscular causada pela paralisia.

A laserterapia também tem papel importante na regeneração nervosa e no retorno dos movimentos naturais de forma gradual e saudável.

2 – Hidroterapia: as modalidades mais comuns são os exercícios em esteira aquáticas e natação. A esteira aquática, por exemplo, é muito eficaz pois, por o pet estar dentro da água com parte do corpo ou por inteiro, acaba removendo a pressão dos membros doloridos e de seu peso, diminuindo a força necessária para realizar movimentos simples, porém dificultados devido a sua lesão e cirurgia.

A hidroterapia ajuda de forma eficiente o reestabelecimento veloz da musculatura e amplitude de movimentos dos membros possivelmente atrofiados, aumentando equilíbrio, confiança e qualidade de vida.

3 – Acupuntura veterinária: a acupuntura pode, através da indicação correta, equilibrar os pontos meridianos afetados pela hérnia de disco, influindo em órgãos internos, tecidos modelos, emocional e outros pontos afetados. A liberação de endorfina e cortisol provoca o relaxamento muscular natural, melhorando o funcionamento muscular e orgânico como um todo, combatendo dores e incômodos do pós-operatório.

A técnica visa a restauração da saúde do pet através do equilíbrio de sua energia vital. Isso se dá através de diferentes estímulos em determinados pontos meridianos, seja através de inserção de agulhas, massagens, técnicas de manipulação, até eletroestimulação, injeção de substância e uso de raio laser.

Conte com empresas especializadas para tratar seu cão com hérnia de disco

A Rede Fisio Care Pet investe forte na capacitação de profissionais e em equipamentos modernos que possam oferecer aos pets a oportunidade correta de resgatar sua qualidade de vida. São mais de 15 unidades espalhadas pelo Brasil, buscando sempre o melhor programa de reabilitação para cada caso concreto.

Quer saber mais sobre a hérnia de disco? Encontre a unidade Fisio Care mais próxima de você e marque uma consulta agora mesmo! Venha ver como podemos traçar um programa de reabilitação ideal para o seu pet.

Páginas Sugeridas