O que é Displasia Canina – Desvendando a Doença

O que é Displasia Canina – Desvendando a Doença

O que é displasia canina? Compreenda as formas de combater a doença, diagnóstico e tratamento eficiência para a reabilitação correta e saudável do seu pet

Você pode entrar em contato com uma de nossas clínicas. Encontre a unidade Fisio Care mais próxima de você e marque uma consulta em poucos cliques

Afinal, o que é displasia canina? A displasia coxofemoral pode ser classificada como uma complicação genética que traz alterações nas conexões ósseas e articulares da região do fêmur. Costuma ser hereditária, porém, outros fatores como obesidade, alterações posturais e outros podem também desencadeá-la.

De forma didática, entender o que é a displasia canina passa por compreender que existe uma má formação ou degeneração da conexão entre a cabeça do fêmur e osso que une o fêmur ao quadril.

Essa degeneração afeta a mobilidade do pet, podendo provocar dores na região do quadril, manqueira, artroses, atrofia muscular e, dependendo do grau de severidade da doença, o animal pode sofrer com paralisias.

Graus de severidade da displasia canina

A displasia coxofemoral em cães se divide em graus de severidade, tendo o Grau A (articulação coxofemoral normal), Grau B (articulações próximas do normal), Grau C (displasia coxofemoral leve), Grau D (displasia coxofemoral moderada) e Grau E (displasia coxofemoral grave).

Incidência de displasia coxofemoral em diferentes raças

A displasia canina acomete, na grande maioria dos casos, cães de grande porte como o Golden Retriever, Pastor Alemão, Labrador, Buldogue Inglês, mas também pode atingir raças de pequeno porte por fatores além da hereditariedade. Gatos também podem sofrer da doença, principalmente os de raça grande como o Maine Coon.

Sintomas de que meu cão está sofrendo com a displasia coxofemoral

Os sintomas da displasia coxofemoral são bem característicos, incluindo estalos audíveis na articulação, dificuldade em caminhar, andar manco e sinais claros de dor ao realizar movimentos comuns.

Quando a doença avança e não é tratada, os sintomas podem ser mais intensos e frequentes, fazendo com que o pet evite inclusive atividades normais de rotina como pular, levantar-se, subir escadas e correr. Seu andar fica incomum e acaba desenvolvendo uma musculatura desproporcional por jogar todo o esforço para um lado do corpo em que não sofra tanto com a dor.

Como realizar o diagnóstico?

É importante o acompanhamento médico profissional e a correta análise da condição do pet. Para isso, exames radiográficos com sedação em diferentes métodos de raio-x são realizados para averiguação correta do desenvolvimento da doença, seu estágio e o procedimento mais eficaz para tratá-la.

A contribuição da fisioterapia veterinária em casos de displasia coxofemoral canina

Levado em conta o grau de desconforto, a idade e outras possíveis severidades clínicas dos pets, será traçado um programa de tratamento que tem por objetivo reduzir a dor e progressivamente a doença articular, planejando etapas para manter ou restaurar a função articular normal do animal.

Por esses motivos, a fisioterapia veterinária de reabilitação se torna uma grande aliada no combate à displasia coxofemoral em cães, pois através de diferentes técnicas é capaz de estruturar um programa de recuperação eficaz de fortalecimento muscular, combate a dores e incômodos, controle de artrose e recondicionamento físico ideal.

Métodos como laserterapia, ozonioterapia, hidroterapia e acupuntura são ideais na estruturação correta de exercícios que possam oferecer o retorno gradual e saudável das funções articulares e o aumento de força muscular dos membros pélvicos afetados com atividades de baixo impacto que não causem mais estresse e sofrimento ao cão.

Na Rede Fisio Care Pet você encontra excelência no que diz respeito ao diagnóstico e planejamento de um programa de reabilitação com profissionais capacitados e equipamentos de ponta que garantem toda infraestrutura necessária para a recuperação plena do seu amigo.

Quer saber mais sobre o que é a displasia canina e as formas de reabilitação? Marque uma consulta com nossa equipe de ortopedia ou de reabilitação! Encontre a unidade Fisio Care mais próxima de você e entre em contato com um de nossos especialistas em poucos cliques.

Páginas Sugeridas