Comida de Natal para os Pets – O que pode?

Comida de Natal para os Pets – O que pode?

Entenda melhor o que o cão pode ou não comer no Natal. Conheça os alimentos proibidos e os que podem ser oferecidos aos cães em períodos de festas

O Natal e Réveillon vêm chegando, e com eles todos os preparativos e comilanças da tão esperada ceia! Se a tentação é tão grande para nós, imagina para os nossos pets com tanta variedade de alimentos.

A alimentação saudável dos cães envolvem, em suma, rações especiais de acordo com suas características, porte, raça e necessidades. Porém, principalmente nesses períodos de festas, acabamos oferecendo um “momento de férias” para os pets, colocando a disposição comidas que normalmente eles não estão acostumados a comer.

Nesse artigo a Rede Pet Fisio separou algumas dicas de como equilibrar a alimentação do pet no Natal, quais alimentos eles podem ingerir e quais são muito perigosos para sua saúde.

Quais alimentos são permitidos para os pets em períodos de festas?

Confira quais alimentos que podemos oferecer aos cães no Natal:

· Bacalhau: os peixes são muito nutritivos, porém, os ideais para os cães são os frescos ou congelados, pois o seco possui uma quantidade muito elevada de sal. Tome cuidado com espinhos, pois ele pode se engasgar e causar lesões;

· Chester ou Peru: bom alimento e saudável aos cães. Claro, sempre em pequenas porções e somente a carne branca!

· Arroz: é liberado aos cães, mas com restrições. Deve ser oferecido em pequenas porções e sem tempero;

· Tender ou Presunto: permitido, desde que oferecido sem gordura e tempero em quantidades mínimas. Muito cuidado com o presunto industrializado, pois este contém uma quantidade enorme de conservantes e sal;

· Frutas e Legumes: sempre sem sal, açúcar e em pedaços mastigáveis, são aliados da saúde dos cães frutas e legumes como a banana, abóbora, batata doce, cenoura, brócolis e maçã.

Quais alimentos são proibidos e danosos à saúde dos pets em períodos de festas?

Veja quais alimentos são proibidos aos cães no Natal:
· Farofa: rica em gordura oxidada e sal, mantenha distante do seu pet;

· Salpição: mistura muito densa para o estômago canino, contendo maionese e uva passa, alimentos mais que proibidos para eles;

· Rabanada: todo tipo de fritura é proibida aos cães, pois possuem gorduras oxidadas e açúcar prejudiciais aos pets;

· Molhos: muito forte para o estomago delicado dos cães, podendo causar pancreatite;

· Chocotone: muito proibido! O chocolate possui composto químico chamado de teobromina que pode intoxicar os pets. Em quantidades elevadas até podem ser fatais;

· Panetone: o excesso de açúcar nas frutas cristalizadas e massa doce tornam o panetone também proibido;

· Uva: essa fruta, apesar de comum na alimentação dos pets, recentemente foi associada a falência dos rins;

· Vinho e bebidas alcoólicas em geral: os pets são muito mais sensíveis ao álcool do que nós humanos, podendo até uma pequena quantidade causa intoxicações significantes.

Páginas Sugeridas