Pesquisar
Close this search box.
Blog Fisio Care pet
fique por dentro das novidades

O que é e como tratar Artrose em gatos?

Índice

A artrose em gatos, também conhecida como osteoartrite felina, é uma condição de saúde que afeta as articulações desses adoráveis animais de estimação. Assim como em seres humanos, a artrose em gatos pode ser uma fonte de desconforto e dor. Vamos explorar essa condição e como ela afeta nossos amigos felinos.

O que é a Artrose em Gatos?

A artrose é uma doença degenerativa das articulações, e pode ocorrer em gatos de qualquer idade, embora seja mais comum em felinos mais velhos. Esta condição resulta na deterioração da cartilagem que reveste as articulações, causando atrito e inflamação. Como resultado, os gatos podem experienciar dor, rigidez nas articulações e uma diminuição na sua mobilidade.

Sintomas da Artrose em Gatos:

  1. Claudicação: Os gatos com artrose muitas vezes mancam ou evitam usar a pata afetada.

  2. Rigidez muscular: Pode ser difícil para o gato se levantar, subir escadas ou saltar para locais elevados.

  3. Comportamento Alterado: Alguns gatos podem se tornar mais irritados ou retraídos devido à dor, diminuir alimentação e auto-higienização. 

  4. Perda de Interesse em Atividades: Gatos com artrose podem perder o interesse em brincadeiras ou atividades que antes adoravam.

  5. Inchaço nas Articulações: Em casos avançados, as articulações podem parecer inchadas e quentes ao toque.

Causas da Artrose em Gatos:

A artrose em gatos pode ser desencadeada por diversas causas, incluindo:

  1. Envelhecimento: Gatos mais velhos têm maior probabilidade de desenvolver artrose devido ao desgaste natural das articulações.
  2. Lesões anteriores: Lesões prévias, como quedas ou traumas e displasias, podem levar ao desenvolvimento da condição mais tarde.
  3. Obesidade: O excesso de peso coloca uma carga adicional nas articulações, aumentando o risco de artrose.
  4. Predisposição Genética: Alguns gatos podem ter uma predisposição genética para desenvolver artrose.

Prevenção da Artrose em Gatos:

Enquanto a artrose é muitas vezes associada ao envelhecimento, algumas medidas podem ajudar a prevenir ou atrasar o seu desenvolvimento. Isso inclui controlar o peso do gato, oferecer uma dieta equilibrada, proporcionar exercícios regulares e cuidados veterinários de rotina.

É essencial observar qualquer mudança no comportamento ou mobilidade do seu gato e consultar um veterinário se suspeitar de artrose. Com cuidados apropriados e tratamento, os gatos com artrose podem continuar a desfrutar de uma vida feliz e ativa.

Tratamento e Manejo:

O tratamento da artrose em gatos é voltado para aliviar a dor e melhorar a qualidade de vida do animal. Isso pode incluir:

  1. Medicamentos: O veterinário pode prescrever analgésicos, anti-inflamatórios ou suplementos nutricionais para reduzir a dor e a inflamação.
  2. Controle de Peso: Manter o peso ideal do gato é essencial para reduzir a pressão sobre as articulações.
  3. Alimentação Balanceada: Alimentos especiais para gatos com artrose podem ser benéficos.
  4. Adaptações no Ambiente: Facilitar o acesso a locais elevados, como camas e prateleiras, é útil para gatos com mobilidade reduzida.
  5. Fisioterapia: Exercícios suaves e fisioterapia podem ajudar a manter a mobilidade das articulações.

A fisioterapia pode ajudar na Artrose em Gatos?

A fisioterapia desempenha um papel fundamental no tratamento da artrose em gatos, oferecendo uma abordagem não invasiva e eficaz para aliviar a dor, melhorar a mobilidade e aumentar a qualidade de vida desses adoráveis animais de estimação. Aqui estão algumas maneiras pelas quais a fisioterapia é eficaz no tratamento da artrose felina:

  1. Alívio da Dor: A artrose é frequentemente acompanhada de dor nas articulações, o que pode tornar a vida do gato muito desconfortável. A fisioterapia utiliza várias técnicas, como magnetoterapia, laserterapia, eletroterapia e alongamentos suaves, para aliviar a dor e melhorar o bem-estar do gato. Os fisioterapeutas são treinados para identificar os pontos sensíveis nas articulações do gato e aplicar terapias específicas para reduzir o desconforto.
  2. Melhoria da Mobilidade: A artrose pode limitar a capacidade do gato de se mover com facilidade, levando a uma redução na qualidade de vida. A fisioterapia inclui exercícios direcionados que visam melhorar a flexibilidade e a amplitude de movimento nas articulações afetadas. Isso ajuda o gato a recuperar a capacidade de realizar atividades diárias, como pular, subir escadas e até mesmo brincar.
  3. Fortalecimento Muscular: A fisioterapia também se concentra no fortalecimento dos músculos ao redor das articulações comprometidas. Músculos mais fortes podem fornecer suporte adicional às articulações e ajudar a reduzir o estresse sobre elas. Isso é crucial para gatos com artrose, pois pode ajudar a retardar a progressão da doença
  4. Prevenção de Complicações Secundárias: A inatividade devido à dor e rigidez nas articulações pode levar a uma série de complicações secundárias, como ganho de peso e fraqueza muscular. A fisioterapia ajuda a prevenir essas complicações, mantendo o gato ativo e saudável, promovendo a recuperação e a manutenção do peso corporal ideal.

  5. Melhoria da Qualidade de Vida: A artrose em gatos pode ser debilitante, afetando seu bem-estar geral. A fisioterapia ajuda a melhorar a qualidade de vida, permitindo que os gatos continuem a desfrutar de uma vida ativa, brincar, explorar e interagir com seus donos.
  6. Abordagem Personalizada: Cada gato é único, e a fisioterapia é frequentemente adaptada às necessidades específicas do animal. Os fisioterapeutas podem desenvolver programas de tratamento individualizados para se adequar à gravidade da artrose, idade e saúde geral do gato.

  7. Complemento ao Tratamento Médico: A fisioterapia frequentemente é usada em conjunto com outras formas de tratamento, como medicamentos e dieta, para fornecer uma abordagem abrangente à gestão da artrose.

Em resumo, a fisioterapia é uma ferramenta valiosa no tratamento da artrose em gatos. Ela não apenas alivia a dor e melhora a mobilidade, mas também ajuda a manter a qualidade de vida e a felicidade do seu amigo felino. Consulte sempre um veterinário especializado e um veterinário fisioterapeuta para desenvolver um plano de tratamento adequado às necessidades individuais do seu gato.

A Fisio Care Pet é conduzida por profissionais qualificados e experientes, que avaliam as necessidades específicas de cada paciente. Os programas de tratamento são personalizados para atender às condições individuais do animal, sua idade e estado de saúde.

Conheça um pouco mais sobre os resultados de nossos tratamentos de casos já reabilitados pela Fisio Care Pet: https://www.youtube.com/playlist?list=PL2aTGyVq_lncd_Hr65AE7WSoWjSsUvwqB

A rede Fisio Care Pet está apta com profissionais capacitados para tratar condições como estas apresentadas no texto acima, converse com um de nossos especialistas agora mesmo e conheça nossas unidades: 

Agendamento Online
Compartilhe
Newsletter

Fique por dentro das novidades! Nossos cursos, posts interessantes, materiais didáticos e muito mais!

Explore mais artigos e dicas
acreditamos que você pode se interessar por:
14 de julho de 2024

Informe seus dados e entraremos em contato

Agendamento Online

Preencha com os seus dados e entraremos em contato