Fisioterapia para Cachorro Voltar a Andar – Recuperando

Fisioterapia para cachorro voltar a andar: quais as técnicas e patologias tratáveis através dos diferentes métodos de fisioterapia veterinária. Veja como a fisioterapia pode ser essencial para resgatar a qualidade de vida e mobilidade através de métodos profissionais de reabilitação animal

Fisioterapia para cachorro voltar a andar? Encontre a unidade Fisio Care mais próxima de você e converse com um de nossos especialistas. Veja como podemos ajudá-lo

Ao constatar que nosso pet possui algum problema neurológico, seja uma doença genética ou adquirida, ou algum problema ortopédico causado por um acidente, velhice ou até obesidade, ficamos naturalmente assustados, principalmente quando esses problemas afetam a mobilidade deles. Contudo, as técnicas de fisioterapia para cachorro voltar a andar vem se tornando uma ótima ferramenta para manter a qualidade de vida de nossos pets.

Inicialmente, a fisioterapia para cachorro voltar a andar era utilizada como uma adaptação das técnicas utilizadas em humanos. Ao passar dos anos e com a notoriedade dos resultados aplicados em animais, a fisioterapia veterinária vem conquistando cada vez mais respeito quando o assunto é reabilitação animal.

Quais os desafios da fisioterapia para cachorro voltar a andar?

A ideia da fisioterapia de reabilitação é fazer com que o pet se sinta bem, em casa, facilitando a sua movimentação natural e que responda quando estimulado, mesmo que involuntariamente, em pontos afetados pela doença ou alguma lesão.

O principal desafio, dentro desse contexto, é fazer com que o pet tenha confiança dentro das sessões de fisioterapia. Afinal, é comum que pets que passam tanto tempo evitando determinados movimentos se sintam pressionados quando desafiados a realizar movimentos que causam dores ou incômodos.

Quando dizer que a fisioterapia é necessário para o meu pet?

A fisioterapia veterinária é indicada, na grande parte dos casos, após a avaliação de algum profissional veterinário, seja ele ortopedista, neurologista, endocrinologista e outros. Em outros casos, as técnicas também podem servir como meio de prevenção sem a indicação inicial de um profissional.

A boa realização da fisioterapia em um estágio razoável do problema pode até mesmo substituir a necessidade de intervenções cirúrgicas, evitando sofrimentos e adequando o pet para uma condicionamento físico ideal.

Dentre as patologias ortopédicas e neurológicas que afetam a mobilidade dos pets tratáveis através das técnicas de fisioterapia veterinária estão a luxação patelar e hérnias de disco, que encontram na fisioterapia veterinária uma técnica essencial na diminuição de inchaços e dores em locais afetados, diminuição de quadros de inflamação e recondicionamento físico.

A displasia coxofemoral também é uma das patologias que mais buscam na fisioterapia veterinária uma maneira eficaz de fortalecer os diferentes grupos de músculos a fim de recondicionar o animal, evitando dores, inchaços e auxiliando no retorno de suas funções articulares normais.

Os resultados positivos da fisioterapia veterinária também vem ganhando destaque em programas de emagrecimento para cães obesos, doenças endócrinas como a diabetes e doenças degenerativas como a osteoartrose. As diferentes técnicas ajudam no recondicionamento físico, no aumento da resistência cardiovascular e melhora das articulações.

Quais são as técnicas empregadas na fisioterapia voltada para a recuperação de mobilidade dos cães?

1 – Cinesioterapia: técnica que utiliza-se de pistas de obstáculos, bolas e pranchas de equilíbrio a fim de resgatar movimentos mais complexos perdidos por diferentes problemas e lesões. É indicada para diferentes patologias ortopédicas e neurológicas, consistindo na realização de exercícios terapêuticos e alongamentos que auxiliam na reabilitação animal.

2 – Eletroterapia: utilização de correntes elétricas para o tratamento de dores, aliviando seus efeitos e ajudando no fortalecimento de músculos que perderam massa por diferentes problemas neurológicos como paralisias ou até ortopédicos que necessitam de cirurgias.

3 – Massoterapia: utilização de massagens como forma de diminuição da tensão nos músculos, quebrando ciclos contínuos de dor, aumentando a circulação de sangue na região massageada, auxiliando a oxigenação e aumento da drenagem linfática e venosa. Além disso, a massoterapia também auxilia na liberação de nódulos nos músculos que causam dor e desconforto aos animais, sendo um excelente tratamento relaxante liberador de endorfina que aumenta a sensação de bem-estar.

4 – Hidroterapia: mais completa opção de tratamento de pets que perderam mobilidade. A utilização de esteiras aquáticas garantem um ambiente perfeito para realização de movimentos difíceis aos pets, pois evitam os efeitos da gravidade quando entramos em contato com o solo duro, sendo uma técnicas perfeita para a recuperação de mobilidade, articulação, emagrecimento, fortalecimento, recondicionamento muscular, além de combater dores e incômodos.

5 – Acupuntura: auxilia no alívio de dores e aumento do equilíbrio muscular de pacientes utilizando-se de agulhas em pontos estratégicos. É um grande aliado na reabilitação de pets com as mais variadas patologias, sendo crucial para a diminuição de dores e preparação dos pets para o começo de outras atividades de recuperação.

Conte sempre com clínicas especializadas para obter os melhores resultados

A Rede Fisio Care Pet investe pesado na capacitação de seus profissionais, tendo vasta experiência, seja na evolução de seus veterinários como no obtenção de resultados nos mais variados tratamentos, investindo em equipamentos modernos para criar uma ambiente perfeito para uma recuperação saudável e gradual.

Quer a fisioterapia para cachorro voltar a andar perfeita para o seu amigo? Encontre a unidade Fisio Care mais próxima de você ou preencha o formulário de agendamento abaixo e venha ver como podemos traçar o programa de reabilitação ideal para o seu pet.

Agende uma Consulta