Cachorro pode comer chocolate?

Cachorro pode comer chocolate?

Entenda os efeitos que esse alimento pode causar na saúde do seu pet.

O que fazer quando o cachorro comer chocolate?

Para alguns cães, o barulho da embalagem sendo aberta já é o sinal de alerta. Olhinhos ansiosos e pedidos não faltam nas tentativas de ganhar um pedacinho que seja do seu doce. Mas afinal de contas, cachorro pode comer chocolate?

Eu sei que às vezes é difícil resistir aos pedidos do nossos companheiros, mas quando o assunto é alimentação, precisamos ser firmes. 

Nesse artigo eu vou explicar os efeitos do chocolate no corpo dos cachorros e porque ele não deve jamais fazer parte da dieta do seu pet.

Por que cachorros parecem gostar tanto de chocolate?

Cachorros gostam de coisas doces e com consistência mais pegajosa. Eles não entendem o perigo que essa delícia representa para a saúde deles.

Além disso, quando o assunto é linguagem corporal, nossos cães são verdadeiros mestres! Ou seja, sempre que você se delicia com seus chocolates favoritos na frente do seu cãozinho ele percebe o quanto você gosta do doce e o quanto ele te faz feliz. Logo, fica ainda mais interessado.

Por que cachorros não podem comer chocolate?

Chocolate contém em sua composição uma substância chamada teoboromina. Um um alcalóide da família das metilxantinas, da qual também fazem parte a teofilina e a cafeínal, a teoboromina é altamente tóxica para os cães.

O corpinho deles não consegue processar rapidamente essa substância, podendo levar até 6 dias para eliminá-lo completamente. O resultado é um aumento no batimento cardíaco e sobrecarga no sistema nervoso.

Em  grandes quantidades, o chocolate pode causar danos permanentes nos nervos ou no cérebro  do seu pet, e, em alguns casos, pode ser letal.

Dentre os principais efeitos colaterais observados após a ingestão do doce podemos citar:

  • Vômito;
  • Diarreia;
  • Mais sede e vontade de urinar;
  • Náuseas;
  • Arritmias cardíacas;
  • Convulsões;
  • Hemorragia intestinal.

Eu tenho certeza de que você já deve ter ouvido de alguém algo como “mas eu já dei chocolate para o meu cachorro e nada aconteceu”.

Não se deixe enganar por esse tipo de declaração. Inúmeros fatores influenciam no nível de intoxicação do seu cachorro. Por exemplo, cada tipo de chocolate possui uma concentração de teobromina.

Os chocolates ao leite têm a menor concentração de teobromina, seguidos por chocolates mais escuros e mais amargos, cacau em pó e aqueles chocolates em que a concentração de cacau é maior.

Além disso, também devemos levar em consideração o porte do cachorro, sua idade e a quantidade de doce que ele ingeriu.

Em geral, uma dose de 400 gramas de chocolate pode ser letal para cachorros de até 9 quilos.

Leia também: 10 alimentos proibidos para cães na ceia de Natal

O que fazer depois que o cachorro já ingeriu chocolate?

A ingestão de chocolate é considerada uma emergência médica! Então se você viu seu cãozinho comendo o doce, ou se ele apresentou um dos sintomas listados acima, leve ele imediatamente para o veterinário.

Quer saber mais sobre como proteger a saúde do seu pet?

Cadastre seu e-mail e receba dicas de tratamento, notícias e tudo o que você precisa saber para melhorar a qualidade de vida do seu melhor amigo.