TPLO – Combatendo a Ruptura de Ligamento Cruzado com Eficiência

TPLO – Combatendo a Ruptura de Ligamento Cruzado com Eficiência

TPLO: conheça a técnica de Osteotomia e Nivelamento do Platô Tibial, cirurgia moderna para a correção da ruptura de ligamento cruzado em animais. Saiba como a fisioterapia veterinária tem papel fundamental para a recuperação pós-cirúrgica de pets acometidos pela complicação

Quer conversar com um de nossos especialistas? Encontra a unidade Fisio Care mais próxima de você e marque uma consulta agora mesmo!

A TPLO, ou técnica de Osteotomia e Nivelamento do Platô Tibial (Tibial Plateau Leveling Osteotomy) tem como direcionamento central a diminuição da inclinação do platô tibial e o impulso tibial cranial, buscando a estabilização da articulação do joelho e permitindo uma rápida recuperação já com o uso do membro após a cirurgia.

A TPLO é fruto do avanço da Medicina Veterinária e do aumento das doenças relacionadas às articulações como as de ruptura de ligamento cruzado do joelho (osteoarticulares), surgindo como uma nova técnica de combate ao problema.

A ruptura de ligamento cruzado na vida dos pets

O sintoma principal de animais com ruptura de ligamento cruzado é a dor intensa sem conseguir apoiar o membro afetado. Mesmo que seja visível e notório quando há essa ruptura, em alguns casos é possível que essa dor aguda diminua e dificulte a análise mais correta da complicação. Porém, mesmo com o apoio mais leve do membro afetado, ainda é possível identificar a dor articular e dificuldade de locomoção, a chamada claudicação.

O diagnóstico profissional é importante, sendo o exame físico o mais adequado para avaliar movimentos específicos (como o movimento de gaveta e compressão tibial), identificando se existe algum outro ligamento afetado como o cruzado caudal ou os colaterais. É aconselhável também associar o movimento de compressão tibial (tibial trust) ao exame físico, que irá ajudar a evidenciar o deslocamento cranial da tíbia em relação ao fêmur.

A ruptura de ligamento cruzado em animais é uma das principais causas de claudicação normalmente ocasionadas por traumas e, principalmente, degeneração. Entre as técnicas de tratamento mais adequadas estão as osteotomias, ou extracapsulares como a TTA, TPLO e Closing Wedge, cada uma indicada em casos específicos que dependem da análise de fatores como conformação óssea, idade, porte, ângulo do joelho e outros.

O que é a TPLO?

A TPLO promove o nivelamento do platô tibial alterando a mecânica da articulação afetada para obter a estabilidade do joelho através da restrição ativa da articulação. É uma técnica muito requisitada, pois, além de ser mais eficiente na estabilização do joelho em comparação com outras técnicas similares como a TTA (técnica de Avanço da Tuberosidade Tibial), corrige o problema e possibilita que o animal possa utilizar o membro afetado logo após a cirurgia.

A técnica de Osteotomia e Nivelamento do Platô Tibial é muito requisitada e utilizada para o tratamento da ruptura de ligamento cruzado em animais, tanto nos EUA como na Europa, e é indicada principalmente para a correção dos problema em cães de porte grande, porém, igualmente eficiente em cães de raças menores.

A importância da fisioterapia veterinária no pós-operatório

Apesar da rápida utilização do membro afetado logo após a cirurgia como a TPLO, a inserção da fisioterapia veterinária é essencial logo após 5 dias da operação. Trabalhos científicos publicados em 2012 comprovam que ainda existe um risco considerável de perda de massa muscular quando não há recuperação correta do pet acometido pela ruptura. Alguns animais sem a recuperação adequada, mesmo depois de 6 meses após cirurgia, apresentam o membro afetado bem mais fraco e menos estável em comparação com o outro membro não acometido.

A fisioterapia veterinária busca através das diferentes técnicas como a acupuntura e laserterapia (para controle da dor e incômodos), ou hidroterapia veterinária (uso de esteiras aquáticas para retirar o peso dos movimentos) o fortalecimento gradual e saudável da musculatura do pet, garantindo uma recuperação adequada e rápida.

Conte sempre com profissionais capacitados para realizar a cirurgia e recuperação do seu pet

A Rede Fisio Care Pet investe pesado na capacitação de seus profissionais e na aquisição de equipamentos modernos que garantam uma recuperação gradual e saudável de seus pacientes. São mais de 20 unidades espalhadas pelo Brasil, difundindo seus conceitos e métodos de reabilitação animal e equipe de ortopedia capacitada pra realizar a cirurgia de TPLO.

Quer saber mais sobre a TPLO e os programas de reabilitação através das técnicas de fisioterapia veterinária? Encontre a unidade Fisio Care mais próxima de você ou preencha o formulário de agendamento abaixo e marque uma consulta em poucos cliques.

Agende uma Consulta