Ortopedista Veterinário – Qual sua Função?

Ortopedista Veterinário – Qual sua Função?

Ortopedista veterinário: saiba como é exercida essa profissão, quais patologias e complicações trata e como consultar um profissional em poucos cliques

Converse com um ortopedista profissional agora mesmo! Encontre a unidade Fisio Care mais próxima de você e tire suas dúvidas

Um dos especialistas mais requisitados no mundo animal é o ortopedista veterinário. Afinal, ele é o profissional capaz de auxiliar e traçar o programa ideal de tratamento para as mais variadas patologias, complicações, rupturas, fraturas, degenerações e muito mais.

A verdade é que grande parte dos acidentes que envolvem cães e gatos acabam resultando em patas quebradas e luxações, o que já mostra a importância da participação de um ortopedista veterinário na vida dos pets.

A função prática do ortopedista veterinário

A maioria dos acidentes e ocorrências que envolvem animais domésticos são gerados em acontecimentos corriqueiros como batidas e quedas. Embora a maioria dos casos não sejam graves ao ponto de ameaçar a vida dos pets, acabam por gerar alterações graves na estrutura física dos animais, comprometendo mobilidade e, consequentemente, sua qualidade de vida.

Esses são, justamente, os casos em que mais atua o profissional ortopedista, cuidando para que todo tipo de lesão, desde fraturas até luxações que possam debilitar ossos, articulações, musculatura e ligamentos de caẽs e gatos possam ser tratados de maneira eficaz.

Cabe ao ortopedista veterinário avaliar detalhadamente o pet acometido em busca de soluções viáveis para cada caso concreto, desde tratamentos adequados até uma análise mais criteriosa em busca de possíveis patologias que possam estar afetando a condição física e psicológica do animal.

Os principais exames na ortopedia veterinária envolvem radiografias tradicionais, raios-x digitais, ressonâncias magnéticas e tomografias computadorizadas. Todos esses exames possibilitam a visualização plena de articulações, ligamentos e estrutura óssea dos pacientes, ampliando suas chances de recuperação e na adequação de programas de reabilitação eficientes e menos invasivos.

Quais são as principais patologias e complicações que a ortopedia veterinária trata?

Listamos abaixo um grupo de complicações mais corriqueiras no dia-a-dia da profissão e que mais atrapalham a qualidade de vida e bem-estar dos pets. Entre elas estão:

1 – Artroses e artrites: causadas, principalmente, pelo envelhecimento do pet e pela série de mudanças que acontecem em sua estrutura, causando a degeneração de suas articulações;

2 – Displasia coxofemoral e de cotovelo: podem ser congênitas ou adquiridas e costumam afetar, na maioria dos casos, caẽs de grande porte. Causam, em geral, grande dificuldade de locomoção e dor, podendo ser amenizada através de cirurgias ortopédicas seguidas e boas doses de fisioterapia veterinária, desde ozonioterapia, quiropraxia até acupuntura e hidroterapia com esteira aquática;

3 – Fraturas: quedas, brigas, batidas e atropelamentos são as causas mais comuns de traumas e fraturas, que podem resultar em torções e ossos quebrados. Costumam necessitar de intervenção cirúrgica seguidas de tratamentos adequados de fisioterapia e acompanhamento regular de um profissional ortopedista;

4 – Hérnia de disco: causam dores agudas na coluna e impossibilidade de locomoção natural, afetando apetite e até o ato de urinar e defecar do pet. Podem ser tratadas por meio de cirurgias ortopédicas de coluna e doses estruturadas de programas de fisioterapia veterinária;

5 – Luxação patelar: dependendo do grau de severidade pode ser tratada através de um programa bem estruturado de fisioterapia veterinária em diferentes métodos. Os resultados são cada vez mais positivos com a evolução da ortopedia e das técnicas empregadas para a reabilitação de pets com luxação de patela;

6 – Ruptura de ligamento cruzado: causada, geralmente, por traumas, obesidade e excesso de esforço sobre a articulação do joelho, as rupturas de ligamento também são tratadas através de cirurgias (TTA e TPLO costumeiramente), quando necessário, e também através de sessões de fisioterapia veterinária que envolvem quiropraxia, acupuntura, hidroterapia com esteira aquática e outras especialidades.

Conte sempre com o melhor da ortopedia veterinária!

A Rede Fisio Care Pet é respeitada por investir pesado na capacitação de seus profissionais, fornecendo cursos de aprimoramento de técnicas e métodos, e na aquisição contínua de equipamentos modernos que forneçam aos seus pacientes e profissionais o ambiente perfeito para uma recuperação gradual e saudável.

São mais de 15 unidades espalhadas pelo Brasil, sempre com ortopedistas veterinários experientes e capacitados para análise, diagnóstico, tratamento e recuperação de pets acidentados e acometidos por patologias ortopédicas.

Quer conversar com um ortopedista veterinário sobre a condição do seu amigo? Encontre a unidade Fisio Care mais próxima de você ou preencha o formulário de agendamento abaixo e marque uma consulta agora mesmo em poucos cliques.

Agende uma Consulta