Remédio para Diarreia Canina – Dicas Especiais

Remédio para Diarreia Canina – Dicas Especiais

Remédio para diarreia canina: quais os mais comuns, as causas usuais para o desenvolver da diarreia e as medidas caseiras que podemos tomar para ajudar

Não há um só cão que não tenha passado por algum tipo de problema gastrointestinal, a popular diarreia canina. É importante ressaltarmos, porém, que a diarréia é um sintoma de uma doença gastrointestinal, não necessariamente uma doença em si. Por isso, é importante que compreendamos que o remédio para diarreia necessita de indicação profissional, assim como a avaliação de outros sintomas que podem acompanhar a diarreia e significar um problema mais complexo.

Os remédios para diarreia canina mais comuns

Os remédios para diarreia em cães mais comuns passam por:

  • Diarreia por intoxicação: é indicado o uso de Mercepton oral. Esse medicamento atua como um estimulante do processo digestivo e da eliminação de toxinas. As intoxicações mais comuns passam pela ingestão de alimentos deteriorados, plantas tóxicas ou produtos de limpeza;
  • Diarreia por verminose: nos casos de diarreia causada por parasitas, é importante realizar a vermifugação. Para isso, é importante encontrar a melhor opção para o seu pet através da consulta com um profissional qualificado. Dentre as opções mais comuns estão a Drontal, Top Dog e Petzi;
  • Opções homeopáticas: para quem procura por remédios que oferecem menos riscos à saúde do animal o uso de produtos homeopáticos são uma boa pedida. Dentre os mais comuns estão o Diasin (um gel oral para tratamento de diarreias agudas em cães, gatos e outros animais de companhia) e o Intestin (indicado para o tratamento de diarreias crônicas de cães, gatos e outros animais de companhia, inclusive as diarreias provocadas por trocas de ração, ingestão de alimentos caseiros, estresses por desmame, períodos de vacinação, viagens e outros).

As causas mais comuns da diarreia canina

Os cães não possuem estômagos de aço, como já foi amplamente compreendido na sociedade, e é preciso que tenhamos cautela na maneira de alimentá-los, sempre fornecendo água fresca e alimentos ricos em nutrientes que possam manter a saúde gastrointestinal dos pets em dia.

As causas mais comuns que resultam em diarreias nos cães passam por:

  1. Intolerância alimentar a determinado alimento;
  2. Mudanças na dieta habitual;
  3. Comer chocolate, embutidos, lixo, alimentos em mau estado de conservação, açúcar;
  4. Beber leite de vaca;
  5. Por substâncias tóxicas;
  6. Plantas tóxicas;
  7. Engolir objetos;
  8. Alergia e reações;
  9. Infecção;
  10. Sintomatologia secundária de outro doença;
  11. Parasitas internos;
  12. Doenças renais;
  13. Doenças do fígado;
  14. Câncer;
  15. Tumores internos;
  16. Medicação;
  17. Ansiedade;
  18. Nervos;
  19. Estresse.

Cuidados caseiros que podemos tomar

Antes de qualquer medida, é importante colocar o cão em jejum, sem ingerir nenhum tipo de alimento que possa maximizar as diarreias, sempre bebendo bastante água. Após esse período de jejum (cão adulto 24h – cão filhote no máximo 12h), é possível tomarmos algumas medidas caseiras para ajudá-lo na recuperação:

  • Comece com dieta mole, como um arroz branco sem tempero e um frango cozido (sempre desossado e sem sal). Alguns donos optam por carnes para cachorro enlatadas;
  • Racione a comida, mantendo a mesma quantidade de comida diária, porém, racionada em porções pequenas ao longo do dia para ajudar na recuperação do processo de digestão;
  • Aos poucos volte a integrar a dieta normal, adicionando cada dia um pouco mais de ração (sempre quando observado uma melhora);
  • Não se assuste se no começo dessa nova rotina as fezes virem em cor clara e em menor quantidade, o motivo é a dieta mole;
  • Se necessário use probióticos para ajudar no tratamento da diarreia. Estes são bactérias que ajudam a ter uma boa digestão e na recuperação. Claro, sempre probióticos especiais para cães e com a devida aceitação do profissional veterinário.

Nunca se esqueça de observar a cor das fezes. Se ver que o cão está com diarreia preta, vermelho escuro ou se diretamente acompanhada de sangue, vá diretamente ao veterinário! Muitos casos de fezes com sangue são oriundas do esforço do cão para defecar, mas é melhor que o próprio profissional veterinário determine a causa.

Ao consultar um especialista, sempre tenha em mente o contexto da diarreia, se o cão comeu algo estranho, se esteve em contato com lixo, com algum produto tóxico. Toda informação é valiosa para um diagnóstico assertivo e, por consequência, uma indicação de tratamento e remédio para diarreia eficaz.

Leia também: Remédio para cachorro com dor

Agende uma Consulta